quinta-feira, 10 de agosto de 2017

FLU EMPATA FORA COM A PONTE E TERMINA PRIMEIRO TURNO NA NONA POSIÇÃO

No Moisés Lucarelli, Tricolor ficou no 0 a 0 em jogo sonolento com a Macaca
 
Fluminense e Ponte Preta fizeram muito pouco em campo (Foto: Nelson Perez - FFC)
Numa partida soporífera, Fluminense e Ponte Preta empataram em 0 a 0, no Moisés Lucarelli, na noite desta quarta-feira. Com o resultado, o Tricolor encerrou sua participação no primeiro turno do Campeonato Brasileiro com 26 pontos e o nono lugar.
Abelão apostou numa formação diferente para o jogo desta noite. O técnico optou por Henrique de volante. A partida demorou a engrenar. Mesmo em casa, a Ponte não conseguia se impor. Bem defensivamente, o Flu dava poucos espaços para a Macaca atacar.
Quando resolveu sair ao ataque, o Fluminense, na verdade, não foi muito melhor, mas conseguiu ser mais eficiente que os mandantes. As melhores situações saíam dos pés de Wellington Silva. Primeiro, sofreu falta de Marllon na meia-lua. No lance, o zagueiro adversário poderia até ser expulso, pois o atacante tricolor ia na cara do gol. Heber Roberto Lopes, no entanto, optou pelo amarelo. Scarpa mandou a cobrança por cima da meta. Henrique Dourado, num passe também de Wellington, acertou a trave ao chutar e ver a bola desviar em defensor oponente.
Pelo meio, Wendel e Scarpa eram os mais acionados. Ambos, porém, oscilaram entre boas jogadas e passes errados.
O segundo tempo da partida já foi um pouco mais movimentado. Em algum momento a Ponte percebeu que também podia atacar. No jogo aéreo, incomodou. O Flu, com a bola no pé, ainda era um pouco mais perigoso. Wellington seguia como principal opção ofensiva. Foi num chute seu que Aranha precisou fazer defesa difícil.
Mesmo com a subida de produção das duas equipes, ambas ainda ficaram longe de fazer diferente a ponto de tirar o zero do marcador.
O Fluminense jogou com Júlio César, Lucas, Nogueira, Renato Chaves e Marlon; Henrique, Orejuela, Wendel e Gustavo Scarpa (Marcos Junior, 32 do 2ºT); Wellington Silva (Matheus Alessandro, 34 do 2ºT) e Henrique Dourado (Peu, 34 do 2ºT).
FONTERedação NETFLU

Nenhum comentário: