segunda-feira, 31 de julho de 2017

PRESIDENTE DO FLA ADMITE QUE ARBITRAGEM PREJUDICOU CORINTHIANS: "O GOL FOI LEGAL"

Atacante corintiano estava 3,3 metros atrás do marcador quando Maycon tocou dentro da área. Mesmo assim, Pablo Almeida da Costa marcou impedimento do jogador


Por Bruno Giufrida, São Paulo
 
Gol anulado! Juiz levanta a bandeira e marca impedimento de Jô, aos 11' do 1º tempo
A reclamação do Corinthians por causa do gol anulado do atacante Jô, ainda no primeiro tempo, foi vista por Eduardo Bandeira de Mello como justa. Após o empate em 1 a 1 na arena, em São Paulo, o presidente do Flamengo admitiu que o lance foi legal, apesar de o assistente Pablo Almeida da Costa ter marcado impedimento do jogador.
- A reclamação do Corinthians é correta, porque o gol foi legal. São muitas equipes prejudicadas - disse, rapidamente, o dirigente na saída do estádio.
O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, havia dito que ainda vai reclamar à CBF por causa do erro, cometido quando o jogo ainda estava 0 a 0.
Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, em entrevista após a partida na Arena Corinthians (Foto: Bruno Giufrida)Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, em entrevista após a partida na Arena Corinthians (Foto: Bruno Giufrida)
Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, em entrevista após a partida na Arena Corinthians (Foto: Bruno Giufrida)
Também neste Campeonato Brasileiro, Eduardo Bandeira de Mello reclamou da arbitragem após o empate em 2 a 2 com o Palmeiras, na Ilha do Urubu.
- É muito desagradável você perder pontos nessas circunstâncias de hoje. Dá vontade às vezes de desistir. Se isso é futebol, não tenho menor prazer em participar disso - falou.
Neste caso, Bandeira reclamou de:
- Falta nos gols do Palmeiras, que chamou de "ilegais".
- Pênalti em Guerrero de Mina não marcado no primeiro tempo.
- Gol anulado por impedimento no primeiro tempo (em lance que Guerrero só finaliza e marca quando a jogada já não estava mais em disputa).
Durante a transmissão daquela partida, o comentarista de arbitragem da TV Globo, Arnaldo Cezar Coelho, disse que os pênaltis não aconteceram. A falta em Mina, disse o ex-árbitro, existiu no início da jogada, mas o gol de William foi legal. Veja no vídeo abaixo:
Veja os lances em que o Flamengo reclama da arbitragem no empate diante do Palmeiras
FONTE: Ge.com

Nenhum comentário: