sábado, 8 de julho de 2017

ACOSTUMADO A REVELAR JOVENS VALORES, ABEL CONTA SUA PRIMEIRA IMPRESSÃO DE WENDEL

Técnico diz gostar de premiar a ousadia nos treinos e volante não sentiu pressão no time
 
Wendel é hoje um dos principais jogadores do Fluminense. Abel Braga tem em sua carreira o costume de lançar bons valores nos times. Foi assim no Fluminense com Arouca, Diego Souza, Marcelo, no Flamengo, com Ibson, no Inter, com Pato, e acabou acertando em cheio com o volante. Técnico que gosta de ver a ousadia dos seus comandados nos treinamentos, ele conta qual foi a primeira impressão do Wendel e por que ele já se firmou tão rapidamente.
– Admiro o atrevimento. Gosto quando o jogador chega aqui pra treinar e é atrevido, firme.Quando eu vejo o cara se sentir à vontade, isso ficou claro com o Wendel. Os outros já estavam. Eles vão crescendo. Você vai vendo a maneira deles encararem. O resto acontece. O Ibson foi assim. Foi um treino que eu vi e falei que iria ficar aqui. Não deu um mês, vinte dias, estava no time titular. Peguei o Felipe e botei pro lado direito. Agora o Wendel. Parece que está jogando no quintal de casa. Não sente nada. Eu vi e falei: “isso tem calda”. Hoje tem um negócio fundamental, os espaços que existem entre as linhas, independentemente de ser alta ou baixa, ele faz uma transição muito boa. É um jogador diferenciado – enalteceu.
FONTEPapo do Lobo

Nenhum comentário: