sexta-feira, 9 de junho de 2017

VENDA MILIONÁRIA DE GERSON VIROU DÍVIDA PARA O FLUMINENSE

Parcelamento da Roma dá direito a adiantamento para instituição financeira, mas Tricolor não pagou percentual a investidores que detém direitos do jogador
 
107
A milionária venda de Gerson para a Roma, da Itália, causou uma dívida ao Fluminense. O apoiador, vendido por 16 milhões de euros em 2015 (R$ 61 milhões à época), gerou ao clube um pagamento em quatro parcelas, uma naquele ano e outras três em 2016.
O Fluminense utilizou-se das parcelas vindouras como garantia para um empréstimo de R$ 43 milhões com a XXIII Capital. Os juros de 0,88% ao mês. Se houver atraso, a responsabilidade seria do Fluminense. A Roma tem de fazer os repasses em 2017.
O problema é que quatro investidores que detém direitos de Gerson nunca receberam sua parte. A atual gestão procurou os interessados e negociou um novo prazo para acertar a situação.

Nenhum comentário: