quinta-feira, 19 de novembro de 2015

FLUMINENSE JOGA MAL, É DOMINADO PELO GRÊMIO E PERDE NO SUL

Derrota por 1 a 0 mantém time ameaçado pelo rebaixamento, mesmo que minimamente
Fred acertou uma bola na trave no primeiro tempo. E foi só (Foto: Nelson Perez - FFC)
Fred acertou uma bola na trave no primeiro tempo. E foi só (Foto: Nelson Perez – FFC)
Por Rodrigo Mendes
Numa noite para se esquecer, o Fluminense jogou muito mal, foi dominado e perdeu por 1 a 0 para o Grêmio, na Arena do Grêmio, nesta quinta-feira. Estacionado com 43 pontos, o Tricolor carioca ainda não se livrou completamente da ameaça de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, apesar das chances de cair serem mínimas (só uma tragédia levaria o time das Laranjeiras para a Série B). Luan, de pênalti, fez o gol.
Em casa, o Grêmio ficava mais com a posse de bola e envolvia o Fluminense, além de finalizar mais. Para sorte do Tricolor carioca, os mandantes arriscavam em sua maioria de fora da área. O time comandado por Eduardo Baptista, diante do poderio maior do adversário, até conseguiu se fechar com um pouco de qualidade.
Mesmo vendo o Grêmio melhor em campo, foi o Fluminense quem ameaçou primeiro, quando Gustavo Scarpa achou bem Fred em cobrança de escanteio e o artilheiro acertou cabeçada forte na trave. Num contra-ataque, Osvaldo ainda recebeu e chutou com perigo para defesa de Marcelo Grohe. E foi só. No mais, os gaúchos eram melhores e também ficariam duas vezes no poste. Na primeira, Everton se antecipou a Wellington Silva em cruzamento vindo de Marcelo Oliveira e finalizou bem. Na segunda, Luan bateu, a bola desviou em Jonathan e quase matou Cavalieri. O fim do primeiro tempo trouxe certo alívio.
O alívio, porém, foi apenas de 15 minutos, uma vez que o Grêmio voltou ainda melhor no segundo tempo e “reforçado” por Gerson, que entrou no lugar de Osvaldo no intervalo. O meia, apontado como joia e já vendido para a Roma, pulou de maneira atabalhoada em escanteio para os gremistas e com os braços abertos. Quando a bola resvalou nele (meio nos braços e meio nas costas), o fraco árbitro Wagner Reway, no grito dos gaúchos, marcou pênalti. Na cobrança, Luan converteu. Para completar sua atuação ridícula, Gerson ainda daria entrada criminosa em Luan, já com amarelo, sendo expulso.
Aí ficou mais fácil para o Grêmio. O time da casa colocou a bola no chão e foi controlando o jogo como queria. Atacava só na boa e, como o Fluminense não ameaçava, também evitava correr riscos desnecessários. Ao Tricolor carioca, resta terminar o ano de maneira digna, se é que ainda dá para falar nessa palavra pelas Laranjeiras depois de uma temporada tão vergonhosa…
O Fluminense jogou com: Diego Cavalieri, Jonathan, Gum, Marlon e Wellington Silva (Wellington Paulista); Pierre, Cícero, Gustavo Scarpa, Osvaldo (Gerson) e Marcos Junior; Fred (Magno Alves).
Fonte: Redação NETFLU
DIVULGAÇÃO: Blog Dudé Vieira.

Nenhum comentário: