sábado, 11 de julho de 2015

RONALDINHO GAÚCHO ACEITA PROPOSTA E ESTÁ A UMA ASSINATURA DO FLUMINENSE

Reunião na noite de sexta-feira, na casa do craque, com Mário Bittencourt, Fernando Simone e Peter Siemsen acertou os últimos detalhes, e R10 deve assinar nesta tarde

Por Rio de Janeiro
Ronaldinho Gaúcho está a uma assinatura do Fluminense. Uma reunião realizada na casa do craque, que juntou o presidente do Tricolor, Peter Siemsen, o vice de futebol, Mário Bittencourt, e o diretor Fernando Simone, além do próprio meio-campista e de seu irmão de empresário, Assis, acertou os últimos detalhes da negociação. Se tudo sair dentro do que a diretoria espera, R10 deve assinar na tarde deste sábado.
Ronaldinho Gaúcho (Foto: Reprodução/SporTV)Ronaldinho Gaúcho está muito perto de vestir a camisa do Fluminense (Foto: Reprodução/SporTV)


A novela parece ter chegado ao fim, mas o clube ainda não confirma oficialmente a contratação do jogador. Até porque falta a assinatura do contrato. Segundo o GloboEsporte.com apurou, o negócio será fechado na tarde deste sábado, e o contrato deve ser até o fim de 2016.
O desejo do Fluminense de contratar Ronaldinho Gaúcho esquentou bastante nos últimos dias, após novos contatos da diretoria com Assis, irmão e representante do craque. O projeto tricolor já vem de algum tempo, desde que o meia acenou que não ficaria no Querétaro-MEX. Um dos principais entraves na negociação desde o início foi a vontade do atleta de ter garantias de pagamento em dia.

As saídas de Wagner e Alejandro Martinuccio abriram uma brecha na folha salarial, o que ajudará no pagamento do salário do craque. Os dois meias ganhavam altos salários. O argentino, inclusive, era um dos maiores do elenco, e recebia em dólar. 

Além do salário, Ronaldinho Gaúcho receberá bonificações. A chegada do craque ao clube é vista com bons olhos pelo marketing, que pretende fazer ações com o meio-campista e vê chances de alavancar o programa de sócio-torcedor do Tricolor. Ele, inclusive, deve usar a camisa 10, que ficou vaga após a saída de Wagner. Quando chegou ao Atlético-MG e na passagem pelo Querétaro, nas quais seu número favorito não estava disponível, o craque vestia o uniforme 49, ano de nascimento de sua mãe, dona Miguelina.

O clima ainda é de cautela nas Laranjeiras, já que Ronaldinho ainda não assinou o contrato. No início de 2011, o craque esteve muito próximo de acerto com o Grêmio e com o Palmeiras, mas acabou fechando com o Flamengo.
Antes de deixar tudo encaminhado com o Flu, Ronaldinho chegou a estar perto do Vasco, segundo o presidente Eurico Miranda. O mandatário afirmou que R10 estava 90% acertado com o time Cruz-maltino, e que, se ficasse no Brasil, ele atuaria no clube de São Januário.
FONTE: GLOBOESPORTE.COM
DIVULGAÇÃO: Blog Dudé Vieira.

Nenhum comentário: