sexta-feira, 10 de julho de 2015

PACOTÃO DO FLU: NOITE DE GUSTAVO SCARPA TEM QUASE GOLAÇO DE FRED

Partida ainda contou com susto do meia Gerson e bate boca de Enderson Moreira

Por Rio de Janeiro
O Fluminense jogou muito desfalcado e repleto de garotos em seu time. A molecada de Xerém, no entanto, deu conta de recado e coube a Gustavo Scarpa, de 21 anos, ser o protagonista da vitória por 1 a 0 diante do Cruzeiro, na noite desta quinta-feira, no Maracanã. Fez um belo gol de fora da área e criou ótimas jogadas. O triunfo poderia ter sido mais tranquilo se o lindo voleio de Fred tivesse entrado no primeiro tempo. O duelo ainda teve a expulsão de Enderson Moreira, Gerson levando a pior e Victor Oliveira sem reação.
GENTE GRANDE


Pela primeira vez no Brasileirão Gustavo Scarpa foi titular. O meia, de 21 anos, não decepcionou. Além de ter feito o gol da vitória, criou boas jogadas. Em uma delas, deixou Marcos Junior na cara do gol, mas o atacante perdeu. Quase fez outro de fora da área, mas parou nas mãos de Fábio.
QUE PECADO


Fred se movimentou bem em campo e comandou mais uma vez o time, que estava repleto de garotos nesta noite. Não balançou a rede, mas quase marcou um golaço em uma tentativa de voleio.
O QUE EU FIZ?


No fim do primeiro tempo, Enderson Moreira reclamou da marcação de uma saída de bola pela lateral. O árbitro Heber Roberto Lopes não gostou. Os dois discutiram e sobrou para o treinador, que foi expulso. Em seu lugar, ficou o auxiliar Luiz Fernando Flores.
ESSA DOEU


Gerson jogou parte da partida com uma proteção no nariz. O motivo: levou a pior na tentativa de cabecear uma bola na primeira etapa e foi atingido em cheio pelo goleiro Fábio.
CADÊ A BOLA?


O zagueiro Victor Oliveira jogou improvisado na lateral esquerda e não comprometeu. O defensor, no entanto, ficou sem reação em um lance na área tricolor. Após cruzamento, Fred cortou para trás. A bola foi muito alta e Victor Oliveira a observou, mas não soube como proceder para evitar o escanteio.
FONTE: GLOBOESPORTE.COM
DIVULGAÇÃO: Blog Dudé Vieira.

Nenhum comentário: