domingo, 12 de julho de 2015

AUAÇÕES - ATLÉTICO-PR 1 X 2 FLUMINENSE

Confira as opiniões de quem produz para o site número 1 da torcida tricolor
Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C
Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C
Por Leandro Dias
DIEGO CAVALIERI – NOTA 8,0
– Três defesas, sendo duas delas salvadoras. Um dos nomes da vitória heróica.
WELLINGTON SILVA – NOTA 6,5
– Vinha fazendo bom jogo, marcando melhor do que em partidas anteriores e atacando como de costume. Gripado, pediu para sair.
*RENATO – NOTA 6,5
– Entrou no segundo tempo e fazia má partida, errando passes e cruzamentos, até colocar certinho, na cabeça de Fred, que garantiu a vitória.
GUM – NOTA 6,0
– Muitos passes e lançamentos errados no início da partida. Na marcação, foi eficiente. Pelo alto, soberano.
ANTÔNIO CARLOS – NOTA 6,0
– Um erro durante todo o jogo, que quase culminou com um gol do Atlético. No mais, a seriedade e regularidade de sempre.
GIOVANNI – NOTA 5,0
– Partida regular, comprometida pelo erro de marcação no gol do adversário.
EDSON – NOTA 6,0
– Muita disposição, como de hábito. Fez mais o papel de segundo volante. Na defesa, não comprometeu. 
RAFINHA – NOTA 4,5
– Destoou. Parecia perdido no primeiro tempo, sem saber quem marcar. Errou muitos passes. Saiu com câibras.
*MARLON – NOTA 5,0
– De volante, deu mais consistência à defesa. Iniciou algumas boas jogadas de contra-ataque.
MARCOS JÚNIOR – NOTA 6,0
– Não é um meia de criação. Compensa a falta de visão de jogo, com muita rapidez e velocidade nos passes.
GERSON – NOTA 4,0
– Foi aquele jogador de antes da partida contra o Cruzeiro. Lento e disperso, não ajudou ao Fluminense como no duelo anterior.
GUSTAVO SCARPA – NOTA 7,5
– Decisivo novamente. Joga simples, eficiente e destaca-se ao errar poucos passes. Fez belo gol, em passe açucarado de Fred.
FRED – NOTA 8,5
– Senhor do jogo. Passe de craque no primeiro gol e a presença de área costumeira no segundo. Fora a qualidade como pivô.
ENDERSON MOREIRA – NOTA 6,5
– Seu time é cada vez mais competitivo. Escalou o que tinha de melhor e mexeu bem ao sacar Gerson. Mas precisa repensar o posicionamento de Gerson e Marcos Júnior. O segundo é mais útil pelos lados, enquanto o primeiro, um armador de origem.
Fonte: Redação NETFLU
DIVULGAÇÃO: Blog Dudé Vieira.

Nenhum comentário: