domingo, 8 de março de 2015

ATUAÇÕES - FLUMINENSE 3 X 1 BOTAFOGO

Confira as notas dos jogadores tricolores dadas pela equipe do site
Gerson teve grande atuação (Foto: Bruno Haddad - Fluminense FC)
Gerson teve grande atuação (Foto: Bruno Haddad – Fluminense FC)
Diego Cavalieri – Nota: 6,5
Sem culpa no gol do Botafogo. Fez defesas importantes no restante da partida.
Wellington Silva – Nota: 6
Jogador de caraterísticas ofensivas, procurou sempre que pode o ataque. Atrás, esteve bem.
Henrique – Nota: 4,5
Lento, teve trabalho em muitos lances. Estava mal posicionado no lance do gol do Botafogo.
Marlon – Nota: 4
Começou muito mal no jogo com duas pixotadas incríveis. Melhorou no segundo tempo e teve personalidade na saída de bola.
Giovanni – Nota: 5,5
Atrás, deu espaços e cochilou no gol do Botafogo. Na frente, mostrou qualidade. Fez belo lançamento para gol de Fred.
Edson – Nota: 5,5
Não conseguiu proteger a defesa no gol adversário. Saiu bem para o jogo e, por pouco, não fez um golaço.
Jean – Nota: 6
Sempre se entrega. Ajuda na marcação e chega à frente com eficiência. Em dois lances, ficou perto de marcar.
Gerson – Nota: 8,5
Com personalidade, fez grande partida. Procurou o jogo, encarou a marcação e foi premiado com o gol da vitória em bela arrancada.
(Vinícius, 29 do 2ºT) – Nota: 5
Cadenciou o jogo quando teve a bola nos pés.
Wagner – Nota: 5
Não esteve tão bem. Teve mais importância nas bolas paradas.
(Rafinha, 44 do 2ºT) – Nota: -
Entrou já no finzinho do jogo só para ganhar tempo e ajudar na marcação.
Kenedy – Nota: 7,5
Foi bem no jogo. Correu lá na frente, incomodou a defesa adversária e fez um belo gol, aliando tranquilidade e categoria. Saiu porque passou mal.
(Marcos Júnior, 19 do 2ºT) – Nota: 5,5
Teve interessante movimentação no ataque.
Fred – Nota: 9
Fez a diferença. Participou dos três gols do Fluminense. No segundo, deu corta-luz sensacional para Gerson. Marcou o terceiro após matar bola com extrema categoria e bater sem chances para Jefferson.
Cristóvão Borges – Nota: 6,5
O Fluminense foi muito superior ao rival. Errou, no entanto, ao tirar Gerson no meio do segundo tempo quando o garoto era um dos melhores em campo e a vitória ainda não estava garantida (o placar apontada 2 a 1).
Fonte: Redação NETFLU - Autor: Rodrigo Mendes
DIVULGAÇÃO: Blog Dudé Vieira.

Nenhum comentário: