domingo, 8 de junho de 2014

ATUAÇÕES - ITÁLIA 5 X 3 FLUMINENSE

Confira as notas dos jogadores tricolores dadas pela equipe do site NETFLU



Publicado em 8 de junho de 2014
Conca foi o principal articulador das jogadas do Fluminense (Foto: Photocamera)
Conca foi o principal articulador das jogadas do Fluminense (Foto: Photocamera)
Felipe Garcia – Nota: 4
Errou em reposição de bola no lance que originou o terceiro gol italiano. De resto, apesar de ter levado cinco, não teve culpa nos demais.
Bruno – Nota: 5
Foi interessante opção ofensiva. Às suas costas, porém, a Itália teve espaços.
Gum – Nota: 4
Vinha bem até tomar bola nas costas no quarto gol italiano.
(Wellington Carvalho) – Nota: -
Entrou já no fim e pouco fez.
Fabrício – Nota: 4,5
Demonstrou alguma qualidade na saída de bola, mas teve muito trabalho nas investidas da Itália ao ataque.
Carlinhos – Nota: 5,5
Fez seu gol e participou sempre do jogo lá na frente. Atrás também sofreu com os velozes homens de frente italianos.
Diguinho – Nota: 5
Jogou com seriedade e, por pouco, não marcou no início do jogo. Deu qualidade à saída de bola. Na marcação, diante de um adversário qualificado, nem sempre levou a melhor, mas nada que comprometesse.
Jean – Nota: 5
Segurou mais na marcação e não teve tanta presença ofensiva. Discreto.
Chiquinho – Nota: 4,5
Jogou bem no primeiro tempo, sendo importante opção de velocidade pelo lado esquerdo e fazendo um gol. Pôs tudo a perder no segundo com passe bisonho para trás nos pés de jogador adversário originando o quinto italiano.
(Biro Biro) – Nota: 5
Entrou e deu uma acelerada no jogo lá na frente. Incomodou os defensores rivais.
Conca – Nota: 6
Como sempre, o cérebro do time. Participou de dois dos três gols (o primeiro e o terceiro) e, por pouco, não deixou o seu. É diferenciado.
Gustavo Scarpa – Nota: 4,5
Apagado, só foi notado no passe para o gol de Chiquinho.
(Matheus Carvalho) – Nota: 6,5
Entrou muito bem no jogo. Fez um belo gol de fora da área e, por pouco, não marcou um de placa de letra. Parou nos pés do goleiro adversário.
Walter – Nota: 4
Apareceu muito pouco. Mal incomodou a defesa adversária.
Cristóvão Borges – Nota: 4,5
Apesar da derrota, o Fluminense não jogou mal. Mexeu com o que tinha e conseguiu até melhorar a cara do time no segundo tempo, quando a derrota já era praticamente certa.
Fonte: Redação NETFLU - Autor: Rodrigo Mendes
DIVULGAÇÃO: Blog Dudé Vieira.

Nenhum comentário: