sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

NOVO MARACA ENTREVISTA: ROBERTO RIVELINO

DEPOIMENTO E VÍDEO COM LANCES DO CAPITA TRICOLOR

Ele foi ídolo do Corinthians, tudo bem, mas foi no Fluminense que conquistou o público tricolor e conseguiu, enfim, ser campeão por um clube. Claro que estamos falando de Rivellino, o tricampeão do mundo com a Seleção Brasileira, e membro da fantástica Máquina Tricolor dos anos 75 e 76, que desfilou muita magia pelo estádio do Maracanã. Confira!

FONTE: LANCENET
DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.

VICE DE FUTEBOL SOBRE NOVOS REFORÇOS: "NADA IMPACTANTE"

Lateral-esquerdo e mais um zagueiro ou volante serão contratados

Depois de anunciar Bruno, Wagner e Anderson, o Fluminense parte para, no máximo, mais duas contratações. Um lateral-esquerdo chegará. Um zagueiro ou um volante também deve acertar. O vice-presidente de futebol do clube, Sandro Lima, não quer criar grandes expectativas sobre os novos jogadores.

- Nós precisamos de um lateral-esquerdo, porque, no momento, o único jogador da posição é o Carlinhos. Queremos mais uma ou duas contratações pontuais, para reforçar o elenco. Nada impactantes. Queremos jogador útil e com condições de ser titular. Nossa ideia é trabalhar com dois atletas para cada posição, mas com ambos tendo condições de conquistar a titularidade - disse Sandro Lima.

Fonte: Redação NETFLU - Autor: DL
DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.

EM JANEIRO, FLU PLANEJARÁ ESTRATÉGIA PARA MANTER JOGADORES

Marcelo Teixeira, gerente de futebol, quer que manutenções de Lanzini e Sobis

O gerente de futebol do Fluminense, Marcelo Teixeira, contou que em janeiro o clube volta às negociações para manter Lanzini e Rafael Sobis por um período nas Laranjeiras. Os dois casos são complicados, já que seus clubes, River Plate (ARG) e Al Jazira (EAU), respectivamente, pedem valores altos para negociá-los em definitivo.

– São dois jogadores que estamos analisando a situação e queremos sim que eles fiquem. Em janeiro vamos conversar para rever como está a situação dos dois e ver o que os clubes querem – afirmou Teixeira.

Enquanto o Al Jazira quer cerca de R$ 14 milhões para vender Sobis, o River pede R$ 28 milhões para negociar Lanzini, promessa do clube. Ambos têm contrato com o Fluminense até meados de 2012.

Fonte: Lance - Autor: DL
DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

JOIA 2012: FÃ DO MEIA DECO, PATINHO DO FLU SONHA VIRAR GANSO NO FUTURO

Prestes a ser integrado ao profissional na pré-temporada, Lucas, de 19 anos, relembra dispensa do Atlético-PR e dificuldades no início da carreira

 or Edgard Maciel de Sá Rio de Janeiro

lucas patinho fluminense (Foto: Ralff Santos/FluminenseF.C.) 
Lucas Patinho em ação com a camisa tricolor
contra o Flamengo decisão do último Torneio OPG
(Foto: Ralff Santos/FluminenseF.C.)
Por enquanto ele é apenas Patinho. Mas, no futuro, o sonho é virar Ganso. Camisa 10 da equipe júnior do Fluminense, Lucas Garcia Benetão chegou a Xerém em 2008, com 16 anos, e, aos 19, já se prepara para ser integrado oficialmente ao elenco profissional. Segundo a diretoria tricolor, o apoiador está confirmado entre os jogadores que participarão da pré-temporada no Hotel Portobello, entre os dias 5 e 20 de janeiro. E, mesmo sem ter sido avisado oficialmente da mudança de categoria, ele não consegue esconder a ansiedade diante de mais um passo importante de sua carreira.
- Ainda não me comunicaram oficialmente, mas a expectativa é enorme. Estou ansioso. Já imaginou treinar sempre ao lado do Fred e de outros jogadores consagrados? Será demais - disse Lucas Patinho, que treinou diversas vezes entre os profissionais em 2011, ao GLOBOESPORTE.COM.
Maestro da equipe vice-campeã do último Campeonato Brasileiro Sub-20, Patinho é fã do apoiador Deco. O apelido, no entanto, nasceu da idolatria por um jogador apenas três anos mais velho: Paulo Henrique Ganso, de 22 anos, do Santos.
- Sou fã do Deco há muito tempo. Desde antes de ele chegar ao Fluminense. Tive a chance de treinar ao lado dele algumas vezes e fiquei muito feliz. Tentei aprender um pouco. Já o apelido surgiu porque em 2010 eu disse para os meus amigos que parecia o Ganso (risos). É um cara em quem me espelho e quero ser como ele no futuro. Foi uma brincadeira, mas começaram a me chamar de Patinho - explicou.
O caminho até a equipe profissional, no entanto, não foi fácil. Depois de começar a carreira no Atlético-PR, em 2004, com 12 anos, Lucas foi dispensado sem justificativas. O episódio abalou psicologicamente o jogador, que pensou em desistir da carreira.
Lucas Patinho é o representante do Flu na Seleção que disputará o Pan de Guadalajara (Foto: Ralff Santos - Divulgação Fluminense) 
Apoiador defendeu a Seleção pela primeira vez no Pan de Guadalajara (Foto: Ralff Santos/FluminenseF.C.)
- Não achei mais que conseguiria realizar o meu sonho. Fui mandado embora sem justificativa alguma. Acho que foi por suposta deficiência técnica. Mas não falaram nada. Isso me abalou um pouco. O Fluminense, no entanto, me deu muita confiança. Tanto que fiquei apenas uma semana em casa - lembrou.
Natural de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, onde deu seus primeiro chutes em uma escolinha de futebol, o apoiador foi chamado para fazer um teste no Fluminense e passou. A saudade da família e as dificuldades no início, no entanto, não lhe tiram da cabeça o principal objetivo: trazer a mãe Jane e o pai Luis para morarem no Rio.
- No começo era complicado. Eu era menor e tal. Agora já me acostumei a morar longe deles. Vejo meu pai e minha mãe a cada cinco meses mais ou menos. Espero em breve poder trazê-los para morar comigo. Minha infância foi complicada. Não passamos dificuldades, mas sempre houve um limite a se respeitar. Eu queria as coisas, mas não podia tê-las - recordou.
O apelido surgiu porque em 2010 eu disse para os meus amigos que parecia o Ganso (risos). É um cara em quem me espelho e quero ser como ele no futuro. Foi uma brincadeira, mas começaram a me chamar de Patinho".
Lucas Patinho, joia tricolor
Depois de vestir a camisa da Seleção Brasileira pela primeira vez nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, Patinho sonha agora com voos mais altos. E considera o Campeonato Carioca, competição na qual o Fluminense deverá utilizar uma equipe mista no começo como um ótimo pontapé inicial.
- A experiência no Pan foi ótima. Defender a Seleção é o sonho de todo jogador e eu consegui. Agora espero ter a chance de entrar em alguma partida do Fluminense. Vou me esforçar muito para isso. O Carioca pode ser uma boa oportunidade.

Ficha técnica:
Nome: Lucas Garcia Benetão (Lucas Patinho)
Nascimento: 06/03/1992, em Ribeirão Preto (SP)
Idade: 19 anos
Altura e peso: 1,90m / 82kg
Último clube: Atlético-PR
Títulos: Copa Internacional de Promissão Sub-17 (2009), Copa Rio Sub-17 Invicto (2009), Campeonato Estadual Juvenil (2009), Taça Guanabara de Juniores (2010).

FONTE: globoesporte.com
DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

FISSURADO PELA LIBERTADORES, WAGNER GARANTE: 'DAREI A VIDA POR ESSE TÍTULO'

'Engasgado' pelo vice-campeonato de 2009, apoiador é apresentado pelo Fluminense e diz que amizade com Fred pesou muito no acerto

Por Edgard Maciel de Sá Rio de Janeiro

wagner fluminense (Foto: Ralff Santos/FluminenseF.C.)
Wagner vestiu a camisa tricolor e assinou por
quatro anos (Foto: Ralff Santos / FluminenseFC)

Wagner e o Fluminense têm algo em comum. Ambos chegaram perto do título da Libertadores, mas acabaram batendo na trave. O time carioca perdeu a final de 2008 para a LDU, do Equador. Já o apoiador, com a camisa do Cruzeiro, foi derrotado pelo Estudiantes, da Argentina, na decisão do ano seguinte. Apresentado nas Laranjeiras na manhã desta quarta-feira, o apoiador recebeu a camisa 19 das mãos do vice-presidente Sandro Lima e deixou claro que dará a vida para conquistar o título inédito da competição sul-americana.

- A Libertadores está engasgada. Eu e o Fluminense temos algo em comum. Infelizmente fomos vice. Agora, o destino está nos unindo e espero que 2012 seja um ano importante para os dois. Queremos viver alegrias para virar essa página na Libertadores. Disputar essa competição pesou muito na decisão de voltar ao Brasil. Meu pai viu de perto o meu sofrimento. A dor foi grande. Carreguei isso e quero colocar para fora. Darei minha vida por esse título. Tanto eu quanto o clube queremos comemorar. Sabemos que essa conquista é muito importante para todos. Fica marcada na história - explicou o apoiador.

Antes de dar sua primeira entrevista, Wagner assinou contrato por quatro temporadas com o Fluminense, que adquiriu 100% de seus direitos econômicos junto ao Gaziantepspor, da Turquia. Já vestindo a camisa grená e dourada, o apoiador revelou que a sua amizade com o atacante Fred pesou muito na escolha, falou da briga pela vaga no meio-campo e do sonho de voltar à Seleção Brasileira.

Apresentação
É um dia muito importante na minha vida e na minha carreira. Estou voltando ao Brasil para uma grande equipe, que pensa alto e quer conquistar títulos. Minha família está muito feliz. Só tenho a agradecer ao Celso Barros, ao Peter Siemsen... Foi muito difícil. O caminho para voltar foi complicado. Graças a Deus posso vestir essa camisa. Espero começar a minha passagem pelo Fluminense com o pé direito.

Fred
A amizade com o Fred pesou muito. O pessoal de Minas sabe da nossa história. Jogamos juntos desde o primeiro jogo de ambos no profissional. Eu dei o passe para o primeiro gol dele. Até hoje brinco. Eu que vendi ele para o Cruzeiro e depois para o Lyon-FRA, sendo que nunca recebi meus 10% pelas negociações (risos). Mas agora vou cobrar de novo. Foram vários anos juntos no Cruzeiro e no América-MG. Foi o grande diferencial para eu escolher o Fluminense.

Libertadores
A Libertadores está engasgada. Eu e o Fluminense temos algo em comum. Infelizmente fomos vice. Agora, o destino está nos unindo e espero que 2012 seja um ano importante para os dois. Queremos viver alegrias para virar essa página na Libertadores. Disputar essa competição pesou muito na decisão de voltar ao Brasil. Meu pai viu de perto o meu sofrimento. A dor foi grande. Carreguei isso e quero colocar para fora. Darei minha vida por esse título. Tanto eu quanto o clube queremos comemorar. Sabemos que essa conquista é muito importante para todos. Fica marcada na história.

Briga no meio-campo
Vai ser boa, saudável. Quem está jogando quer se manter. Quem está fora quer entrar. Vou brigar para ser titular e fazer um bom ano. A qualidade dos jogadores é muito grande. Confio na minha qualidade, sempre respeitando os outros para alcançar meus objetivos.

Abel Braga
É gratificante. Um treinador campeão. Joguei com o Alex (atualmente no Corinthians) no Lokomotiv Moscou-RUS por um tempo. Só ouvi boas referências. Sei que Abel vai me dar todo o suporte necessário.

Lesões na Europa
Tive alguns problemas no Lokomotiv e, quando me recuperei, surgiu a oportunidade de sair. Eu e o clube já tínhamos outros planos. Fui para a Turquia. Os primeiros seis meses foram excepcionais. Saímos da nona para a quarta posição e conseguimos a vaga para a Liga Europa. Aprendi muito lá. Mas tive dois filhos, e isso também pesou no meu retorno. Estava difícil criá-los lá fora. Questões de colégio, adaptação... Achei melhor voltar.

Seleção Brasileira
O sonho de qualquer jogador é sempre chegar ao ponto máximo, que é a Seleção. Mas agora estou focado na pré-temporada. Quero me condicionar bem e, quando estiver bem preparado, sei que serei lembrado pela Seleção.

wagner fluminense apresentação (Foto: Edgard Maciel de Sá / Globoesporte.com)Wagner vestirá a camisa 19 nas Laranjeiras em 2012 (Foto: Edgard Maciel de Sá / Globoesporte.com)

Camisa 19
Todos no clube têm um número fixo, e gosto do 19. Já joguei no Cruzeiro com ela e vivi bons momentos. Tem jogadores mais vaidosos que se importam muito com o número, mas meu desejo é estar sempre jogando. Pode ser com a 1 ou com a 100, não importa.

Deco
Já vi ele atuar diversas vezes pelo Barcelona-ESP, pelo Porto-POR... É sempre satisfatório jogar ao lado de jogadores com esse gabarito. Só tenho que aproveitar ao máximo e procurar me entender com ele em campo.

FONTE: globoesporte.com

DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.


segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

ANDERSON SE APRESENTA À TORCIDA DO FLUMINENSE: 'SEMPRE FUI GUERREIRO'

Em entrevista à Rádio Globo, novo zagueiro fala sobre a expectativa de defender o Tricolor em 2012 e diz que, se pudesse, já começaria a treinar

Por GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro
Terceiro reforço do Fluminense para a temporada 2012, o zagueiro Anderson não vê a hora de vestir a camisa tricolor. Contratado junto ao Ceará, que detém 50% seus direitos federativos (o restante será adquirido pelo clube das Laranjeiras), o jogador deve assinar contrato por duas temporadas nesta terça-feira antes de ser apresentado oficialmente, entre quarta e quinta. Um dos destaques do Atlético-GO no último Campeonato Brasileiro, o defensor se apresentou à torcida em entrevista à Rádio Globo.
Anderson, zagueiro do Atlético-GO (Foto: Cristiano Borges/O Popular)
Anderson disputou a última temporada pelo Atlético-GO, com 52 jogos - sendo 34 pelo Brasileirão - e um gol marcado (Foto: Cristiano Borges/O Popular)
- Apesar de ser alto, tenho uma velocidade boa e sou bom na marcação. Gosto de ir para o combate. Acho que uma das minhas maiores características é a vontade. Sempre fui guerreiro dentro de campo. E nada melhor do que chegar a um time de guerreiros para mostrar isso. Agora vou trabalhar muito para crescer no Fluminense. É difícil falar sobre mim mesmo. Fico sem graça. Mas aos poucos a torcida vai conhecer as minhas qualidades - disse o zagueiro.
Natural do Rio de Janeiro e pai pela primeira vez há cerca de 25 dias, o zagueiro revelou ainda a vontade de disputar a primeira Libertadores de sua carreira e deixou claro que, se pudesse, já começaria a treinar desde agora.
- A Libertadores foi um dos motivos que me levou ao Fluminense. Sempre tive o objetivo de disputar essa competição. Quero ajudar o clube a conquistar esse título. Estou muito motivado. Queria começar a treinar agora (risos). Estou em uma etapa especial da minha vida. Não quero só chegar. Quero chegar e marcar minha passagem pelo clube - explicou Anderson, que também despertou o interesse do Cruzeiro, em entrevista à Rádio Globo.
FONTE: globoesporte.com
DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.

ANDERSON FECHA COM O FLU E PODE SER APRESENTADO AINDA NESTA SEMANA

Procurador confirma transferência do zagueiro, que defendeu o Atlético-GO no último Brasileirão e assinará contrato de duas temporadas com o Tricolor

Por Edgard Maciel de Sá Rio de Janeiro
Anderson, zagueiro do Atlético-GO (Foto: Renato Conde/O Popular)
Anderson é o terceiro reforço do Fluminense para a
temporada 2012 (Foto: Renato Conde/O Popular)

O Fluminense fechou a contratação de seu terceiro reforço para a temporada 2012: o zagueiro Anderson, de 29 anos, que pertence ao Ceará e foi um dos destaques do Atlético-GO no último Campeonato Brasileiro. A diretoria tricolor já acertou todos os detalhes junto aos representantes do jogador para a aquisição de 50% dos direitos econômicos do mesmo (o restante continuará com o Ceará), e a expectativa é de que o pagamento seja confirmado nesta terça-feira. A previsão é de que a apresentação oficial do defensor ocorra ainda nesta semana, provavelmente quarta ou quinta-feira, nas Laranjeiras.

- Já está tudo fechado. Anderson é jogador do Fluminense. Ele fez os exames médicos e foi aprovado. O pagamento ao Ceará deve ser efetuado nesta terça-feira para que ele assine o contrato por dois anos e seja apresentado entre quarta e quinta-feira - confirmou o procurador do jogador, Márcio Melo, em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM.

Anderson, que é natural do Rio de Janeiro e possui moradia na cidade, foi pai há cerca de 25 dias e já realizou os exames médicos de rotina. Cria das divisões de base do Botafogo, o jogador passou por Americano, Volta Redonda, Gama e Ceará antes de chegar ao Atlético-GO. Com a camisa do Dragão, disputou 52 jogos em 2011 - sendo 34 pelo Brasileirão - e marcou um gol. A defesa do clube goiano, aliás, foi a sexta menos vazada da última edição da competição nacional. Atualmente, o Flu conta com cinco zagueiros em seu elenco: Leandro Euzébio, Elivélton, Gum, Digão e Márcio Rosário.

Opinião do especialista:
Bruno Formiga, repórter de esportes do jornal O Povo, do Ceará

"Anderson funcionou muito bem no esquema com três zagueiros montado por Paulo César Gusmão e consolidado por Dimas Filgueiras no Ceará. A boa saída de bola pela esquerda dava qualidade de passe na ligação com os volantes e o ótimo poder de antecipação passava segurança para a sobra. Resumindo: Anderson é um defensor técnico, com recurso. O Fluminense faz um bom negócio. Jogador barato e com potencial para ser titular numa zaga não tão veloz. O fato de não ter passado por grandes clubes não diminui a qualidade. Emerson, por exemplo, que passou pelo Fortaleza, demorou a estourar, mas acabou fazendo um 2011 excelente pelo Coritiba e hoje está valorizado".

Confira a ficha técnica do reforço:
Nome: Anderson Grasiane de Matos Silva
Nascimento: 26/08/1982, no Rio de Janeiro (RJ)
Idade: 29 anos
Peso e altura: 1,88m / 81kg
Clubes anteriores: Americano, Volta Redonda, Gama, Ceará e Atlético-GO

FONTE: globoesporte.com

DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.

BRASILEIRO SUB-20: FLUMINENSE ELIMINA BOTAFOGO E DECIDE COM AMÉRICA - MG

Em partida muito disputada, Tricolor bate rival por 2 a 1, com dois gols do artilheiro Marcos Junior. Final será às 21h desta terça-feira

Por SporTV.com Porto Alegre






Fluminense e América-MG decidirão o Campeonato Brasileiro Sub-20. Jogando no estádio Passo D'Areia, em Porto Alegre, o Tricolor derrotou o Botafogo por 2 a 1, na noite deste domingo, em partida válida pela semifinal (veja os gols da partida no vídeo ao lado). Os dois gols do Flu foram marcados por Marcos Junior, que se isolou na artilharia da competição com sete gols marcados. Jefferson descontou para o Bota.

A grande final será nesta terça-feira, às 21h, com transmissão do SporTV. Tanto Fluminense quanto América-MG buscam o seu primeiro título no torneio. O time mineiro eliminou o Coritiba mais cedo, batendo o rival por 1 a 0.

O jogo

O Botafogo começou a partida com mais presença no ataque, mas foi o Fluminense quem saiu na frente, aos 10 minutos. Depois de falta batida por Cassio na entrada da área, a bola tocou no braço de Jadson - que estava na barreira - e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Marcos Junior bateu com perfeição, fazendo o seu sexto gol no campeonato.

Fluminense e Botafogo se enfrentam na semifinal do Brasileiro Sub-20 (Foto: Marcelo Campos/FGF)
Cassio cobra falta e a bola bate no braço de Jadson. Árbitro marca pênalti (Foto: Marcelo Campos/FGF)

Aos 21, o Botafogo assustou em cobrança de falta de Jefferson, que passou rente à trave. Cinco minutos depois, Jadson arriscou de fora da área e o goleiro tricolor Silézio teve dificuldades para defender, por conta do quique da bola.

O Flu seguiu fulminante, apesar do predomínio territorial do adversário. Aos 29, Marcos Junior recebeu lançamento na frente e tocou na saída de Andrey, para marcar 2 a 0. Cinco minutos depois, o árbitro expulsou um jogador de cada lado. Após uma troca de agressões, o tricolor Lucas Patinho e o botafoguense Jadson foram para o vestiário mais cedo.

O jogo ficou mais aberto e, aos 39, o Alvinegro desperdiçou chance incrível, primeiro com Vitinho, que carimbou a trave e depois com Sassá, que chutou mal no rebote. O Flu respondeu com Michael, aos 44. O jogador quase marcou um gol de placa, ao driblar dois marcadores e dar um leve toque, encobrindo Andrey. A bola caprichosamente tocou na trave, mantendo o placar da etapa.

Fluminense e Botafogo se enfrentam na semifinal do Brasileiro Sub-20 (Foto: Marcelo Campos/FGF)
Clássico foi muito movimentado do primeiro ao último
minuto (Foto: Marcelo Campos/FGF)

O Botafogo voltou mais motivado para o segundo tempo. Com um minuto, Octávio já tinha obrigado Silézio a fazer difícil defesa, em chute frontal. Aos sete, Sassá fez jogada individual e serviu a Otávio, que bateu fraco no canto, para mais uma defesa de Silézio. O Flu chegou bem aos 12 e, por muito pouco, Marcos Junior não marcou o terceiro. Dessa vez, o chute do artilheiro do campeonato foi desviado por Andrey e parou no travessão.

Dois minutos depois, o Botafogo conseguiu o seu primeiro gol. O autor foi Jefferson, que acertou bela cobrança de falta no ângulo esquerdo de Silézio. O Glorioso por muito pouco não empatou aos 24, quando Medeiros recebeu na área, mas tocou para fora, e, aos 31, quando Alemão cabeceou no canto e Silézio foi buscar.

Nos 10 minutos finais, os times reduziram o ímpeto e a partida ficou mais cadenciada. Melhor para o Fluminense, que administrou a resultado até o apito final, conquistando a inédita classificação à decisão do Brasileirão Sub-20.

FONTE: globoesporte.com
DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.

domingo, 18 de dezembro de 2011

FLUZÃO SUPERA "INTER 100%" POR 2 A 1 E ESTÁ NA SEMIFINAL DA COMPETIÇÃO

Fluminense agora enfrentará o Botafogo no estádio Passo D’Areia.

Uma virada espetacular. Foi assim que os meninos do Sub-20 do Fluminense venceram o Internacional, que estava 100%, por 2 a 1 em jogo válido pelas quartas-de-final do Brasileiro Sub-20. Os gols foram marcados pelo o atacante Marcos Júnior (artilheiro da competição com cinco gols) e pelo meia Cássio, em um chutaço de fora da área garantindo a classificação.

- Foi uma partida muito díficil, mas graças a Deus conseguimos a vitória e agora vamos pensar na semifinal – afirmou o meia Lucas Patinho após o fim do jogo.

O JOGO

Aproveitando o fator casa, o Internacional partiu pra cima do Fluminense logo no início do jogo. Com muita aplicação tática, os guerreiros tricolores souberam segurar o ímpeto colorado e rapidamente equacionaram as ações equilibrando a partida. Na segunda etapa, o Inter abriu o placar com Fred, que marcou um golaço driblando toda a defesa tricolor.

Mas assim como o time profissional, o DNA de guerreiro está na veia do Fluminense. Com bela jogada tramada na esquerda da grande área, o volante Fábio rolou para trás e Marcos Júnior surgiu como uma flecha para completar para o gol empatando o jogo. 1 a 1.

Com o gol o Flu cresceu e acabou virando o placar. Lucas Patinho recebeu na intermediária e rolou na direita para Cássio, que dominou e chutou de fora da área marcando um golaço. Fluzão 2 a 1.

Aos 32 minutos, o atacante Michael Vinícius ainda teve a chance de marcar o terceiro, mas foi traído pelo “kick” da bola e com o gol vazio chutou para fora. No fim da partida, houve confusão entre integrantes das comissões técnicas de Fluminense e Internacional. O técnico tricolor Marcelo Veiga acabou expulso. Com o incidente, o árbitro deu oito minutos de acréscimos. Nem isso foi capaz de tirar a vitória tricolor. O Fluminense administrou o resultado e conquistou a vaga para semifinal do Brasileiro. No domingo (18/12), às 17h30, o Brasileiro Sub-20 ficará com um sotaque ainda mais carioca, quando o Fluzão enfrentará o Botafogo no estádio Passo D’Areia. Promessa de jogão.

Autor: Marcos Benjamin (Assessoria de Imprensa)

FONTE: Site Oficial do Fluminense

DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.


GAROTADA DO SUB-15 VENCE CRUZEIRO POR 2 A 0 NA TOCA DA RAPOSA E CONQUISTA A BH CUP

Time ainda faturou mais dois prêmios individuais


E o trabalho realizado em Xerém continua rendendo frutos. Na manhã deste domingo (18/12), os meninos do Infantil conquistaram o título da BH Cup Sub-15. Com gols do atacante Gabriel Silva e do volante João, a Garotada de Xerém bateu o Cruzeiro dentro da Toca da Raposa por 2 a 0 e levou mais uma conquista para a galeria de trofeus de Xerém.

O time comandado pelo técnico Bruno Petri ainda faturou mais dois prêmios individuais. Jonathan foi eleito o melhor goleiro da competição e o atacante Gabriel Vasconcelos foi o artilheiro com oito gols.

Parabéns à molecada de Xerém!

Autor: Marcos Benjamin (Assessoria de Imprensa)
Fotos: Nelson Perez / Fluminense F.C.

FONTE: Site Oficial do Fluminense

DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.


sábado, 17 de dezembro de 2011

FLUMINENSE DERROTA INTER DE VIRADA E GARANTE VAGA NA SEMIFINAL DO SUB-20

Time carioca sai atrás, vira com gols de Marcos Junior e Cassio e agora vai disputar uma vaga na final do Brasileiro da categoria com o Botafogo

Por SporTV.com Pelotas, RS






















Em um clássico marcado por belos gols, o Fluminense venceu o até então 100% Internacional por 2 a 1, de virada, nesta sexta-feira, em Pelotas, e se classificou para enfrentar o Botafogo pelas semifinais do Campeonato Brasileiro Sub-20. Os gols tricolores foram marcados por Marcos Junior e Cassio, enquanto Fred descontou para a equipe colorada.

O duelo entre dois dos clubes que mais revelam jogadores na atualidade começou equilibrado, mas com raras chances de gol. Apesar de se destacarem pela técnica, as duas equipes erraram muito e pouco incomodaram os goleiros Silézio, do Fluminense, e Alisson, do Internacional, no primeiro tempo.

O time gaúcho até teve mais posse de bola e procurava mais o ataque, mas foram do Fluminense as duas melhores oportunidades da primeira etapa. Primeiro com Michael, aos 17, num chute cruzado de dentro da área, que Alisson espalmou. Depois, aos 37, com Cassio, em um chute de canhota que o goleiro gaúcho também defendeu.

Lucas Patinho ainda teve uma última oportunidade de abrir o placar no primeiro tempo numa cobrança de falta, aos 46 minutos. Quando todos esperavam um cruzamento para dentro da área, o camisa 10 tricolor surpreendeu e cobrou direto. Atento, Alisson colocou para escanteio.

O Fluminense começou o segundo tempo como terminou o primeiro, desperdiçando outra ótima oportunidade. Logo aos dois minutos, Michael recebeu excelente cruzamento de Igor Julião, mas, sozinho e em posição irregular, cabeceou para fora.

Dois minutos depois, Marcos Junior recebeu bom passe de Lucas Patinho, passou por dois marcadores, mas errou na hora da conclusão.

Aos 12, o Internacional não perdou e marcou na sua primeira grande oportunidade na partida. Fred partiu do campo de defesa do time gaúcho, tabelou com Delatorre, passou por três marcadores e chutou sem defesa para o goleiro Silézio.

Mesmo em desvantagem, o Fluminense continuava melhor na partida e deu o troco apenas três minutos depois. Fábio fez grande jogada pela esquerda e cruzou para Marcos Junior tocar na saída de Alisson e deixar tudo igual.

O jogo era lá e cá, e o Internacional quase fez o segundo no lance seguinte. Fred cobrou escanteio com perigo, Rodrigo cabeceou longe do alcance do goleiro tricolor, mas Wellington Carvalho salvou em cima da linha.

Aos 25, o Fluminense virou. Lucas Patinho recebeu de Fábio pela esquerda, fez ótima jogada e achou Cassio livre na entrada da área. O apoiador arriscou de longe e acertou um lindo chute, sem defesa para o goleiro Alisson.

Aos 32, Michael teve a chance de matar a partida, mas desperdiçou um gol inacreditável. O camisa 9 recebeu sem goleiro dentro da área, mas pegou mal na bola e chutou para fora. O lance foi o último do jogador, que acabou substituído por Rafael.
FONTE: globoesporte.com
DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.

PROMESSA DO FLU AOS 15 ANOS, ROBERT AVISA: 'QUERO SER MELHOR QUE NEYMAR'

Jovem apoiador mostra desenvoltura na primeira entrevista, fala do assédio, garante que vai ficar no Tricolor e se emociona ao lembrar das dificuldades

Por Edgard Maciel de Sá Rio de Janeiro

Robert é apenas um menino. Aos 15 anos, recém completados no último mês de setembro, ainda vê a vida com os olhos de um adolescente. Mas, ao contrário de seus amigos, ele precisa abdicar de certos prazeres para alcançar seu principal sonho. Nas costas, o camisa 10 da Seleção Brasileira sub-15 e da equipe sub-17 do Fluminense já carrega duas grandes responsabilidades. Primeiro, dar aos pais Roberto e Silvana, seus maiores incentivadores, um futuro melhor. Depois, o peso de ser a maior promessa atual das categorias de base do clube das Laranjeiras. Pressões que não o assustam, garante. Aliás, muito pelo contrário. Apenas ajudam a motivá-lo ainda mais em busca do seu objetivo: fazer história com a camisa tricolor.

montagem neymar robert fluminense (Foto: Editoria de Arte/Globoesporte.com)
O sorriso com os olhos puxados já renderam a Robert várias comparações com o craque santista Neymar, craque em quem se espelha e considera o maior ídolo do Brasil (Foto: Editoria de Arte/Globoesporte.com)

A nove meses de poder assinar seu primeiro contrato profissional (completará 16 anos no próximo dia 28 de setembro), Robert já é agenciado pela Traffic e recebe constantes assédios de clubes como Santos e Internacional. Os pais e o jogador, porém, sempre assumiram uma postura honesta com o Fluminense. Mesmo diante de propostas mais vantajosas financeiramente, o desejo da família Gonçalves Santos é dar sequência ao projeto tricolor e, se o destino permitir, fazer com que Robert evite uma saída precoce para a Europa e trilhe o mesmo caminho de Neymar, a quem o apoiador é comparado pela habilidade, pelo sorriso e pretende até mesmo superar dentro das quatro linhas.

- Neymar é hoje o maior ídolo do futebol brasileiro. Me espelho muito nele. Igual eu sei que não vou ser. Mas quero ser melhor. Todos falam somos parecidos. As meninas comentam muito a semelhança, mas nunca tive problema com isso. Sou mais bonito (risos). Planejo a minha carreira ficando no Brasil e no Fluminense, um clube que sempre me deu apoio total. Quero virar ídolo. Esse negócio de ir muito cedo para a Europa não dá certo. Todos que eu conheço que foram já querem voltar. Pode atrapalhar muito e fazer o jogador perder o que ele poderia conquistar em seu país - garantiu ao GLOBOESPORTE.COM.

Na primeira entrevista de sua carreira, Robert não ficou tímido diante dos holofotes. Em um papo descontraído, o menino que chegou a Xerém com apenas nove anos depois de ser descoberto por um olheiro nos campinhos de São Gonçalo brincou, fez graça, riu e se emocionou ao lembrar das dificuldades que enfrentou no início da caminhada no mundo do futebol, quando sequer tinha dinheiro nem para comprar uma chuteira. Sempre ao lado dos pais, a promessa definiu seu estilo de jogo, falou sobre como encara a pressão de ser a maior promessa atual das categorias de base do Fluminense, garantiu não se preocupar com o assédio de outros clubes, frisou que pretende estar o mais rapidamente possível entre os profissionais e revelou a única coisa que não se espelha em Neymar: o cabelo.

- Moicano? Está maluco? Prefiro ser o Robert mesmo (risos).

Confira abaixo a primeira entrevista da carreira da promessa tricolor:

ROBERT
É uma pessoa que está em busca de algo concreto no Fluminense. Uma pessoa que quer chegar ao profissional, mas sabe que tem uma jornada longa pela frente e vai fazer de tudo para alcançar seu objetivo.

INÍCIO
Cresci em Tribobó, São Gonçalo. Comecei na escolinha de futebol do professor Adriano. Com nove anos, um olheiro do Fluminense (Marcos Aurélio) me descobriu. Passei logo no primeiro teste. Foi até meio inesperado. O técnico já veio pedindo o documento para a minha mãe. Ela nem sabia que precisava levar (risos). Ali eu entrei no mundo do futebol.

DIFICULDADES
Eu nunca tive o que eu queria na infância. Às vezes, a gente ia para o treino de (pausa para secar as lágrimas) de carona com um amigo Davi. Saíamos de São Gonçalo e ele morava em Itaboraí. Não tínhamos carro nem nada. Meu pai sequer podia comprar uma chuteira para mim. Eu ficava olhando as dos outros meninos e pensando: “Quando eu vou poder ter uma dessas?” Era complicado. Mas meu pai sempre dizia: “Você vai ter tudo o que quiser. Basta confiar no cara lá de cima”.Graças a Deus, os anos foram se passando e tudo mudou. Hoje tenho condições de fazer com que meu pai não trabalhe sempre.

VIDA DE JOGADOR
Tenho apenas 15 anos. Às vezes é difícil lidar com algumas situações. Preciso abdicar de coisas pelo meu sonho. Vejo meus amigos saindo na sexta-feira e nem sempre posso acompanhá-los. Mas quero ser um grande jogador e nem sempre posso fazer tudo o que desejo. Tem valido a pena.

PRESSÃO
A pressão existe, mas confio em Deus. Tenho apenas 15 anos e muita coisa pela frente. Sei que vários outros era considerados grandes jogadores na base e não vingaram, mas busco sempre manter a humildade. No futebol é assim: um dia você está no alto e no seguinte já pode estar lá embaixo. É preciso ter controle de tudo e saber se controlar também. Sei do meu potencial e o momento certo de mostrá-lo.

Robert promessa do Fluminense (Foto: Edgard Maciel de Sá / GLOBOESPORTE.COM)
Com lágrimas nos olhos, Robert lembra do tempo em que não tinha dinheiro nem para comprar uma chuteira (Foto: Edgard Maciel de Sá / GLOBOESPORTE.COM)

ASSÉDIO E PLANO DE CARREIRA
Não me preocupa esse assédio dos outros clubes. Planejo a minha carreira ficando no Brasil e no Fluminense, um clube que sempre me deu apoio total. Quero virar ídolo. Esse negócio de ir muito cedo para a Europa não dá certo. Todos que eu conheço que foram já querem voltar. Pode atrapalhar muito e fazer o jogador perder o que ele poderia conquistar em seu país.

PROFISIONALIZAÇÃO
Sinto-me pronto para ajudar. Mas tudo tem seu tempo e o Fluminense vai saber a hora certa de me lançar. Só planejo que seja o mais rapidamente possível. E vou lutar por isso.

FAMÍLIA
Tenho a melhor mãe do mundo, que me acompanha em todos os lugares. É sempre bom ter os pais por perto. Ela era técnica de enfermagem. Um dia eu perguntei para ela: "Você abriria mão de tudo pelo meu sonho?". A resposta foi sim. Depois eu disse: "Pode confiar em mim que vou dar certo no futebol".

PRIMEIRO SONHO
Dar uma casa para os meus pais. Não quero sair de Tribobó, em São Gonçalo. Mas sim comprar um lugar para eles lá e ter alguma outra residência mais perto das Laranjeiras. por causa dos treinamentos e tal.

Robert promessa do Fluminense (Foto: Edgard Maciel de Sá / GLOBOESPORTE.COM)
Robert chegou ao Fluminense aos nove anos e,
agora com 15, já é o camisa 10 do sub-17 tricolor
(Foto: Edgard Sá / Globoesporte.com)

SEMELHANÇAS COM NEYMAR
Todos falam somos parecidos. As meninas falam muito da semelhança, mas nunca tive problema com isso. Sou mais bonito (risos). Fico feliz. Neymar é hoje o maior ídolo do futebol brasileiro. Espelho-me muito nele e em seu futebol. Igual eu sei que não vou ser. Mas quero ser melhor.

MOICANO
Está maluco? Prefiro ser o Robert mesmo (risos).

CAMISA 10 DA SUB-17
Os mais velhos sempre me zoam, me chama de mirim (risos). Mas faz parte. Somos todos iguais. Só que se hoje sou o titular da categoria de cima do Flu, é porque meu trabalho está sendo reconhecido.

ESTILO DE JOGADOR
Minha mãe não liga muito para essa questão de roupas, brincos e tal. Ela só me segura mais na hora de sair. Dá uma prensa mesmo. Diz que tal dia eu não posso sair com meus amigos, me segura. Isso é bom. Não quero ficar marcado desde cedo da maneira errada. Sei que preciso fazer certos sacrifícios em prol da minha carreira. E minha mãe sabe exatamente o que é melhor para mim.

CARACTERÍSTICAS
Driblo bem e tenho facilidade de levar a bola ao ataque e deixar os companheiros na cara do gol. Camisa 10 mesmo. Sou destro, mas a esquerda está melhorando.

CRAQUES DO FLU
Já me recuperei de uma lesão nas Laranjeiras e tive contato com os jogadores. Foi bem legal. Bati papo com alguns, sai para almoçar com o Deco e tal. Edinho era um dos que mais falava comigo. Me chamava de negão e perguntava quando eu ia subir para o profissional. Mas também me dava conselhos, mandando eu sempre ter a cabeça no lugar.

ÍDOLOS
Desde a infância eu sempre gostei muito de ver o Ronaldinho Gaúcho jogar. No Fluminense atual, eu gosto mais do Fred.

Robert no colo dos pais, Roberto e Silvana, nas Laranjeiras (Foto: Nelson Perez/FluminenseF.C.)
Robert no colo dos pais, Roberto e Silvana, nas Laranjeiras (Foto: Nelson Perez/FluminenseF.C.)

FONTE: globoesporte.com
DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

FRED TEVE PAPEL DECISIVO NA CONTRATAÇÃO DE WAGNER. ENTENDA!

Quando meia estava acertando com Palmeiras, atacante interveio

Poupado pelo técnico Abel Braga na partida contra o Internacional no Beira-Rio, Fred teve papel importante na contratação de Wagner, anunciado oficialmente pelo Fluminense nesta terça. Em Minas Gerais, o atacante soube que o apoiador estava acertando com o Palmeiras através de um amigo em comum. De acordo com o site Globoesporte.com, a ação do capitão tricolor foi decisiva.

Fred ligou para Wagner e convenceu o jogador a acertar com o Fluminense. Da Turquia, o meia avisou que estava em negociações avançadas com o Palmeiras, mas não havia assinado contrato.

De volta ao Rio, o centroavante conversou com o vice de futebol, Sandro Lima, e o gerente, Marcelo Teixeira e passou a situação do apoiador, que se apresenta à imprensa como jogador do Fluminense na próxima semana.

Fonte: Redação NETFLU - Autor: DL
DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

FLU CONQUISTA TÍTULO NO FUTSAL FEMININO

Meninas tricolores levam o Estadual ao bater o Bradesco na final

Quem disse que futebol não é para mulheres também? No Fluminense também é. As meninas tricolores venceram o Bradesco na final e ficaram o o título do Estadual feminino.

Confira a foto:


Foto: Ralf Santos - Site oficial do Fluminense

Fonte: Twitter oficial do Flu - Autor: MR
DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.


FOTOS: APRESENTAÇÃO DE BRUNO, NOVO REFORÇO DO FLUZÃO

Lateral-direito é o substituto de Mariano, vendido ao Bordeaux (FRA)

Fotos: Dhavid Normando/Photocamera


































/
















Fonte: Redação NETFLU - Autor: DL
DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

BRUNO JÁ VESTE A CAMISA DO FLUMINENSE

Lateral-direito será apresentado oficialmente nesta terça


Primeiro reforço confirmado pelo Fluminense para a próxima temporada, Bruno já vestiu a camisa tricolor. O lateral-direito, que veio do Figueirense para o lugar de Mariano, será apresentado oficialmente nesta terça-feira, às 11h, nas Laranjeiras.


Foto: Site oficial do Fluminense.

DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.

MARIANO SE DESPEDE COM CARTA À TORCIDA DO FLUMINENSE

Jogador foi negociado com o Bordeaux, da França

Através de seu site oficial, o lateral-direito Mariano escreveu uma carta endereçada à torcida do Fluminense. Nela, agradece o carinho durante os três anos que o jogador defendeu o clube, contou que realizou um sonho em atuar pelo Tricolor e revela o desejo de voltar a vestir a camisa verde, grená e branca. Confira a carta na íntegra:

 

Guerreiros,

acertei minha ida ao Bordeaux, da França, onde vou jogar na próxima temporada. Recebi muitas mensagens de carinho depois do anúncio na última quarta-feira e quero deixar aqui todo o meu carinho e respeito pelo clube e sua torcida. Como sabem, cheguei no Fluminense em 2009 e fui muito feliz aqui. Realizei um sonho, que era defender essas cores, conquistei o título brasileiro, cheguei à Seleção... Muitas lembranças que ficarão comigo para sempre, onde quer que eu esteja.

Essa caminhada não foi fácil, tive que vencer desconfianças para aos poucos conquistar meu espaço, mostrar meu futebol e honrar essa camisa, o que fiz com muito orgulho desde que a vesti pela primeira vez.

Foram muitos momentos felizes que não esquecerei jamais. Vitórias inesquecíveis, jogos marcantes e uma torcida maravilhosa, guerreira, que nos acompanhou e apoiou sempre. Como falei, é uma emoção diferente. Fico feliz em ir para um grande clube europeu, mas ao mesmo tempo triste em deixar o Fluminense, clube que aprendi a amar. Vou acompanhar e torcer junto com a Nação Tricolor da França ou de onde eu estiver.

Quero agradecer a enorme torcida, diretoria, comissão técnica e todos os funcionários do clube. Família que sempre farei parte. Deixo aqui meu abraço a cada um de vocês. Serei eternamente grato ao clube e seus torcedores, que me receberam de braços abertos.

Guardarei com muito amor essa camisa 2, para quem sabe um dia, poder vesti-la de novo.

Grande abraço a todos e muito obrigado por tudo!

#ParaSempreGuerreiroTricolor

Mariano

Fonte: Redação NETFLU - Autor: DL
DIVULGAÇÃO: Blçog. Dudé Vieira.

BRUNO SERÁ APRESENTADO OFICIALMENTE NESTA TERÇA, NAS LARANJEIRAS

Lateral-direito é o primeiro reforço para 2012

Primeiro reforço anunciado pela diretoria, o lateral-direito Bruno, substituto de Mariano, será apresentado oficialmente nesta terça-feira, às 11h, nas Laranjeiras. Quem informa é o twitter oficial do Fluminense.

O jogador, segundo o site Globoesporte.com, já está no Rio de Janeiro, onde realizou exames médicos.

Fonte: Redação NETFLU - Autor: DL
DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.


quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

COM FIGURINO PRONTO, CARLINHOS CURTE A EXPECTATIVA PARA SEU CASAMENTO

Cerimônia será neste sábado, em Santos: 'É um momento especial'

Por GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro
carlinhos fluminense casamento (Foto: Divulgação)
Carlinhos preferiu não usar preto (Foto: Divulgação)

Enquanto muitos jogadores do Fluminense curtem relaxadamente as férias, o lateral-esquerdo Carlinhos vive dias de ansiedade. Na última quarta-feira o jogador fez a prova final do figurino de seu casamento. O evento será sábado à noite, em Santos.

- É um momento muito especial na minha vida. Depois de três anos juntos, é a hora de celebrar essa união. A família e a Lessandra são muito religiosas e, por isso, fizemos questão de nos casar. Estou muito satisfeito, será uma emoção diferente, mas me sinto preparado. A expectativa aumenta a cada dia que passa. Ela é uma pessoa que me faz muito bem, está ao meu lado nos momentos bons e também nos complicados e, por isso, tenho certeza de que seremos muito felizes juntos - disse o jogador, através de sua assessoria de imprensa.

Carlinhos escolheu Como é Grande o Meu Amor Por Você, de Roberto Carlos, como trilha sonora do matrimônio.

FONTE: globoesporte.com

DIVULGAÇÃO: Blog. Dudé Vieira.

FLUMINENSE CONFIRMA OFICIALMENTE A CONTRATAÇÃO DE BRUNO, EX-FIGUEIRENSE

Substituto de Mariano, vendido por 3,5 milhões de euros ao Bordeaux, da França, lateral-direito fecha com o clube das Laranjeiras por quatro anos

Por GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro