domingo, 20 de agosto de 2017

EX-TRICOLOR, RICHARLISON ARRANCA ELOGIOS RASGADOS DE SEU NOVO TÉCNICO

Atacante estreou como titular no Watford como titular com gol e grande atuação na vitória de 2 a 0 sobre o Bournemouth
 
Richarlison teve grande participação em vitória do Watford sobre o Bournemouth (Foto: Divulgação)
Em seu segundo jogo no Watford, no último sábado, Richarlison, ex-Fluminense, foi titular pela primeira vez e não decepcionou. Na partida fora de casa contra o Bournemouth, pela segunda rodada do Campeonato Inglês, o atacante fez o primeiro gol da vitória por 2 a 0 e teve uma atuação primorosa. Tanto que o técnico da equipe, o português Marco Silva não poupou elogios ao jogador.
– Estou contente, mas não fiquei surpreendido. Conheço muito bem o Richarlison, ele está tentando aprender o tipo de jogo praticado na Premier League, mas tem um enorme potencial, isso é fácil de perceber. Tem trabalhado bem, mas é importante não colocar muita pressão em cima dos ombros dele. Tem apenas 20 anos e não diz uma palavra em inglês. Mas se você tem talento, tudo fica mais fácil. Precisa de mais tempo e também de mais jogos – disse.
FONTEFox Sports

SUB-14 DO FLUMINENSE CONQUISTA TÍTULO CONTRA O FLA NA CASA DO ADVERSÁRIO

Molecada tricolor vence o Metropolitano da categoria nos pênaltis, na Gávea
 
O Fluminense foi campeão metropolitano sub-14. Na Gávea, a molecada tricolor superou o Flamengo por 5 a 4 na disputa por pênaltis após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar da decisão.
Via Instagram, o Fluminense noticiou a conquista. Confira a publicação na rede social oficial do Tricolor:
FONTEFluminense FC

SORNOZA, DOUGLAS E LUQUINHAS PARTICIPAM DE TREINO: VEJA FOTOS:

Fluminense fechou neste domingo a preparação para o jogo contra o Santos
 
Fluminense fechou a preparação para o jogo contra o Santos (Foto: Lucas Merçon - FFC)
O Fluminense fez, na manhã deste domingo, no CT Pedro Antonio, o último treino antes do jogo contra o Santos, na segunda-feira, no Maracanã. Mesmo já descartados da partida, Sornoza e Douglas foram a campo sem quaisquer problemas. O meia Luquinhas também participou e pode reaparecer na equipe entre as opções.
Veja algumas fotos da atividade:
Fotos de Lucas Merçon – FFC
FONTERedação NETFLU

FLUMINENSE ENCERRA A PREPARAÇÃO PARA JOGO CONTRA O GALO

Abel trabalhou jogadas de bola parada
 
Aconteceu nesta manhã de domingo o último treino do Fluminense antes do duelo contra o Atlético-MG, segunda, às 20h, no Maracanã. É o primeiro compromisso da equipe carioca em casa neste returno do do Brasileiro.
A atividade durou cerca de 1h20 e foi dividida em duas partes. Na primeira, o técnico Abel Braga fez um trabalho voltado às bolas paradas. Depois, rolou um treino técnico bem descontraído em campo reduzido.
Com 27 pontos conquistados, o Fluminense poderá terminar a rodada na oitava colocação.
FONTEFluminense F.C

VÍDEO - CONFIRA MAIS LANCES DE ROMARINHO, NOVO REFORÇO DO FLUMINENSE

Atacante está próximo de ser anunciado
 
FONTEYoutube

FLU JÁ DEVOLVEU A PEDRO ANTONIO 20% DO VALOR INVESTIDO PELO EX-DIRIGENTE NO CT

Ex-vice de projetos especiais emprestou mais de R$ 26 milhões
 
Ainda precisando de mais R$ 11 milhões para concluir o CT, o Fluminense já devolveu R$ 5,3 milhões a Pedro Antonio. Este valor corresponde a 20% do que o ex-vice de projetos especiais do clube investiu no centro de treinamento que leva seu nome. O total do empréstimo, portanto, foi de R$ 26,5 milhões.
O engenheiro Gustavo Ribeiro foi o escolhido para para tocar o empreendimento de R$ 31 após a exoneração do ex-dirigente.
FONTEUol

FLUMINENSE CALCULA QUANTO NECESSITA PARA FINALIZAR O CT

Só para a rua de acesso, clube deve gastar R$ 5 milhões
 
O Centro de Treinamento Pedro Antonio ainda não foi finalizado. Segundo o portal Uol, entre áreas ainda não pavimentadas e a conclusão de outras intervenções cruciais para o empreendimento, o Fluminense estima que precisa de mais R$ 11 milhões para deixar o local da forma como ele foi planejado inicialmente.
Este montante divide-se da seguinte forma: R$ 5 milhões para a rua de acesso, R$ 4 milhões para acabamentos e outros R$ 2 milhões para o muro que cercará o local. O clube entende que pode baixar o custo dividindo com outros interessados.
Sem muita grana em caixa, a expectativa de que tudo esteja resolvido até o final deste ano é baixíssima, mas o Flu tem tentado permutas para acelerar o processo. A via, por exemplo, poderá ser viabilizada com parcerias com outras empresas da região.
O CT já conta com a estrutura básica pronta para os jogadores, mas ainda não tem áreas de lavanderia e refeitório, por exemplo.
FONTEUol

DIRIGENTE ADMITE DIFICULDADE DE CONQUISTAR PRINCIPAIS TÍTULOS SÓ COM JOVENS: "PLANEJANDO SEM IMEDIATISMO"

Marcelo Teixeira diz que no futuro Fluminense poderá investir em reforços
 
Foto: Nelson Perez - FFC
Uma das críticas que mais se lê nas redes sociais e ouve nos estádios é quanto à imaturidade do time do Fluminense. Muitos torcedores duvidam que um elenco formado apenas por garotos possa colocar o clube no topo. O gerente geral da ase, Marcelo Teixeira, concorda, mas avisa que a filosofia do departamento de futebol não se modificará.
– Sabemos que um elenco formado só por jovens dificilmente vai ter a condição de ganhar os principais campeonatos, mas estamos nos preparando de forma organizada, planejada e sem imediatismo, para no futuro poder investir. Não fugiremos da nossa filosofia, mas poderemos ter um misto maior de jogadores revelados em Xerém com atletas mais rodados que se tornem ídolos e nos ajudem a conquistar títulos. Hoje, devido às limitações financeiras, fomos obrigados a utilizar uma quantidade ainda maior de jogadores formados em casa – frisou Teixeira.
FONTEGloboesporte.com

TEIXEIRA EXPLICA POLÍTICA DE APOSTAR NA BASE AO INVÉS DE CONTRATAR EM QUANTIDADE

Fluminense mudou planejamento no futebol em relação a anos anteriores
 
Foto: Nelson Perez/FFC
O Fluminense contratou apenas cinco jogadores nesta temporada e conta com 24 atletas formados em Xerém na equipe profissional. Gerente geral da base, Marcelo Teixeira explicou a opção da diretoria em apostar na garotada ao invés de ir ao mercado e trazer jogadores em quantidade.
– Se a gente fosse ao mercado buscar este atletas, teríamos gasto um valor consideravelmente maior, já que teríamos que pagar luvas, comissão, aquisição, empréstimos, ou salários, que são sempre maiores do que os dos atletas formados em casa. É uma estratégia, principalmente para não precisar contratar atletas que cheguem ao clube apenas para compor o elenco e serem reservas – frisou Teixeira.
No total, o Tricolor tem atualmente 131 jogadores com contratos profissionais. Os atletas da base (sub-16, sub-17, sub-18, sub-19 e sub-20), do Plano de Carreira e do Flu Samorin representam apenas 3,5% da folha salarial do clube.
FONTEGloboesporte.com

MAIORIA DOS REFORÇOS PÓS-UNIMED JOGOU POUCO NO FLUMINENSE, MOSTRA LEVANTAMENTO

Três primeiros reforços do ano disputaram muitas partidas
 
Pierre é o único reforço de 2015 que segue no clube (Foto: Lucas Merçon/FFC)
Com base na nova política de contratações do Fluminense, o Jornal Extra publicou um levantamento de todos os reforços do clube no último ano de parceria com a Unimed-Rio até hoje. Foi constatado que a maioria atuou pouco com a camisa tricolor.
O Flu, especialmente neste ano, adotou modelo do “bom, bonito e barato”, passando a contratar atletas jovens e de baixo custo. Dos 42 reforços trazidos pelo Flu, de 2014 para cá, apenas 18 tiveram, em média, mais de três partidas por mês.
No grupo dos que mais jogaram, predominam exceções à regra: Cícero, Henrique e Orejuela custaram mais de R$ 10 milhões. Conca veio sem custo, mas com salário de R$ 700 mil bancado pela Unimed.
O levantamento só considerou quem atuou em mais de dez partidas. O lateral-esquerdo Marlon, por exemplo, trazido em julho, não entra no cálculo.
Apesar de poucas, as contratações de 2017 foram certeiras: Lucas, Orejuela e Sornoza têm média superior a três jogos por mês.
FONTEExtra